Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste

Notícias

Câmara de Vereadores de Osório cria projeto que torna obrigatória a presença de intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) em todos os eventos


Data: 3 de março de 2020

Câmara de Vereadores de Osório cria projeto que torna obrigatória a presença de intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) em todos os eventos

 

Durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 02 de março, foi apreciado e aprovado por unanimidade o Projeto de Resolução, oriundo do Legislativo, que dispõe sobre a obrigatoriedade da presença de intérprete de Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, nos eventos oficiais promovidos pela Câmara Municipal de Vereadores de Osório.

O projeto de resolução tem foco na inclusão, principalmente, de pessoas que possuem alguma deficiência auditiva e de comunicação verbal. Com um intérprete de LIBRAS nos eventos oficiais promovidos pela Câmara, pessoas que atualmente não conseguem acompanhar os trabalhos desenvolvidos pela Casa poderão contribuir com as mais variadas discussões que pautam o cotidiano deste Poder.

Libras é a sigla de língua brasileira de sinais, composta de um extenso e complexo repertório de gestos. Em 2002, a Lei 10.436 deu à Libras o status de meio legal de comunicação e expressão. Desde então, escolas, faculdades, repartições do governo e empresas concessionárias de serviços públicos estão providenciando intérpretes para atender esta importante demanda.

Na tentativa de levar equidade social, educacional e institucional a estas pessoas, uma vez que os dados refletem uma significativa parcela da população, o Legislativo Osoriense se orgulha de dar início a este importante projeto.