Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste

Notícias

Câmara aprova Projeto de Lei que dá nome ao posto de saúde do Palmital


Data: 13 de agosto de 2019

Câmara aprova Projeto de Lei que dá nome ao posto de saúde do Palmital

De autoria da Vereadora Belinha, foi aprovado por unanimidade, na Sessão Ordinária Interiorizada desta segunda-feira, dia 12 de agosto, realizada no Palmital, o Projeto de Lei nº 083/2019 que denomina de Rosa de Souza Pinto, o Posto de Saúde da localidade do Palmital no Município de Osório.

 

Rosa Souza Pinto (em memorian) conhecida como Dona Zita nasceu na cidade de Torres no dia 26 de maio de 1934, veio para o município de Osório ainda criança com seus familiares. Estudou no Ginásio Conceição e casou-se com Nelcindo Sebastião Pinto (em memoriam) indo morar em Caxias do Sul, desta união teve quatro filhas e três netos. Retornou para Osório no ano de 1990 onde residiu na localidade do Palmital. Ali participou do Clube de Mães e também das ações da Igreja Católica. Foi idealizadora de muitas inovações na localidade do Palmital, em sua casa disponibilizou um espaço para que funcionasse o primeiro Posto telefônico da CRT, para atender as demandas da comunidade, pois telefone na época era raro qualquer pessoa ter. Por ser uma mulher muito ativa na localidade e por sua vontade de ajudar a todos que lá residiam, queria muito lutar pela segurança de todos e então foi atrás de um Posto da Brigada Militar e atingiu mais este objetivo que para comunidade. Todos tinham Dona Zita como um grande mulher que buscava soluções para ajudar a todos, por se dedicar muito na área da saúde. Uma de suas metas que muito a preocupava era a distância para o atendimento em saúde para todos e não desistiu enquanto não realizou um de seus maiores sonhos: ter no Palmital um Posto de Saúde. O objetivo foi realizado, com apoio da comunidade.

 

As filhas residem nos Estados Unidos, e Dona Zita visitava suas filhas no exterior uma vez por ano e nessa estada ficava seis meses com as filhas e depois retornava para o Brasil. Em uma de suas visitas as filhas veio a falecer deixando saudades a todos, no dia 07 de agosto de 2017. Um fato marcante foi que uma das filhas trouxe as cinzas e no qual foi prestada a última homenagem na igreja do Palmital e depois foi transferida para Caxias do Sul para junto de seu esposo, onde descansam eternamente. O Palmital perdeu umas de suas grandes idealizadoras, mas deixou um legado para todos, que lutar por seus sonhos é não desistir de seus objetivos.

 

Homenageando esta grande mulher, o posto de saúde da localidade do Palmital recebe seu nome eternizando sua memória e deixando seu grande exemplo como cidadã. Prestigiaram a votação do projeto, além da comunidade do Palmital, a irmã e o sobrinho de Dona Zita.